As hortas em apartamento têm se tornado cada vez mais populares por serem uma alternativa prática e muito positiva, em comparação às estufas e cultivos agrícolas.

A praticidade e o efeito positivo se dão tanto no sentido de decoração – é inegável que um ambiente cheio de vasinhos, verdes e plantinhas fique lindo! – quanto para o aproveitamento de temperos frescos para cozinhar.

Por aqui, vamos explorar os seguintes assuntos:

  • Benefícios da horta em apartamento

  • Como fazer horta em apartamento?

  • Como cuidar da horta em apartamento?

  • Horta em apartamento pequeno: conheça o modelo de mini-horta

Benefícios da horta em apartamento

Entre os diversos benefícios de se ter uma horta em apartamento, temos:

  • Menos lixo orgânico produzido, já que ele pode ser utilizado como adubo;

  • Alimentos frescos e sem agrotóxicos;

  • Menos gastos no mercado;

  • Maior consumo de vegetais;

  • Decoração;

  • Acostumar as crianças a manterem um contato próximo com a natureza e ensinar responsabilidades de cuidados, desde a infância.

Como fazer horta em apartamento?

Para todos esses benefícios se tornarem realidade, precisamos seguir alguns passos na hora de montar a hortinha. Vamos lá:

Luz Solar

Dentro do seu apartamento, busque um lugar que bata sol ao menos 4 horas por dia – a maioria dos vegetais precisa desse tempo para crescer saudáveis.

Vasos

Na hora de escolher um vaso, tenha em mente o espaço que a raiz vai precisar para crescer; isso significa, uma média de 7 a 15 centímetros de profundidade. Uma boa opção também são os vasos com furos, que ajudam a água irrigada a escorrer e não ficar em excesso no vaso.

Terra

Terra = nutrientes para os temperos crescerem fortes e saudáveis. Quando escolher, é interessante pesquisar qual tipo de terra é o mais adequado para o que você pretende plantar na sua horta.

Lembre-se de que ela deve permitir a entrada de oxigênio e conservar umidade!

Sementes ou brotos

Os brotos possuem crescimento mais rápido do que a semente, então, se essa é a sua intenção, pode apostar neles! Mas, claro, se for possível. Alguns legumes, como a cenoura, por exemplo, não dão essa opção.

Se optar pelos brotos, abra buracos grandes na terra para inseri-los e, em seguida, pressione a terra ao redor do broto e regue com a água – isso ajuda a não danificar as raízes.

Água

Cuide para não pecar pelo excesso – e nem pela falta! Nem todas as plantas e vegetais necessitam da mesma quantidade de água, logo, é importante considerar o que você escolheu para a horta e entender qual a quantidade ideal de rega.

Leve em conta também o ambiente em que você mora – se é um local muito quente, provavelmente a planta necessitará de um pouco mais de água; do contrário, pode precisar de menos.

Locais

Como os apartamentos, diferentes das casas, não possuem um quintal, você pode escolher uma prateleira, janela ou um modelo vertical para construir a sua hortinha!

Aproveite para conhecer as melhores dicas de limpeza no quintal

O que plantar na horta em apartamento?

Algumas plantas e temperos não podem faltar na sua horta! São eles:

  • Salsinha e cebolinha: o famoso cheiro-verde, podem viver no mesmo vaso;

  • Manjericão: deixa um perfume incrível em casa e seu cultivo precisa de bastante sol;

  • Tomate-cereja e alface: além de saborosos, pedem um cultivo simples;

  • Espinafre ou rúcula: são super nutritivos e precisam de regas diárias;

  • Alecrim: perfeito para ser cultivado em lugares frescos e com luz solar indireta;

  • Hortelã: para esse tempero refrescante, o vaso ideal é aquele com furinhos, para liberar a água em excesso;

  • Orégano: um clássico que não pode faltar – e, quanto mais sol, mais aroma terá as folhas;

  • Coentro: um divisor de águas – há quem ame, há quem odeie. Se você é do time que ama, prefira a época da primavera para cultivar;

  • Sálvia: na cozinha, é o match ideal para massas. Pedem temperaturas baixas para o cultivo;

  • Louro: prepare bastante terra, porque essa folhinha cresce bastante!

  • Tomilho: picante e rústico, pede poucas regas e pouco sol para o plantio;

  • Erva-cidreira: conhecida por seu efeito calmante. para essa erva, lembre-se da camada de drenagem na hora de preparar a terra!

Leia também: Como retirar sujeira de terra da roupa

Como cuidar da horta em apartamento?

A parte mais importante de todas: o cuidado durante o cultivo. Cuidar de uma horta é acompanhar um ciclo de vida, ou seja: é essencial manter o foco nas peculiaridades de cada planta ou tempero.

Aí vão algumas dicas para o dia a dia de quem tem horta em apartamento:

1. Atente-se à luz do sol. Apesar de algumas folhas não precisarem de tanta luz, o mínimo é que todas recebam 4 horas de luz solar, então, cuide para que o local escolhido tenha essa incidência diária;

2. Lembre-se de escolher um vaso com profundidade, pensando no crescimento das raízes;

3. Aos cultivos que precisam de drenagem, prefira um vaso com furinhos e utilize um pano multiuso, aquele com furinhos que você pode reaproveitar ao invés de descartar para drenar com delicadeza;

4. Sempre adube!

5. Cuidado com locais que recebam vento excessivo;

6. Colha com cuidado e carinho

Confira as dicas na prática: 3 passos para montar sua horta!

Horta em apartamento pequeno: conheça o modelo de mini-horta

Problemas pelo pouco espaço? Normal! Apartamento é assim mesmo e isso não deve ser um empecilho. Vamos explorar a criatividade aqui para construir a chamada mini-horta.

Aqui estão algumas sugestões que podem ajudar você nesse momento:

Vasos individuais

Podem ser posicionados em prateleiras, no chão, pendurados em ganchos, cordas ou pregos – e o material fica a critério: plástico, barro ou cerâmica. Use a criatividade da decoração e una à praticidade que você deseja!

Latas

Proporcionam um visual moderno e despojado, mas lembre-se de fazer um furinho para a água escoar nessa opção – ou criar uma camada de argila antes de colocar a terra, para oferecer à planta a umidade ideal.

Canecas ou xícaras

Que tal uma horta no balcão da cozinha? Em xícaras ou canecas, essa opção fica um charme! Aqui é importante se atentar ao espaço da camada de drenagem no momento de colocar a terra.

Garrafas

Garrafas PETs ou de vidro: monte sua horta pensando em praticidade. É possível cultivar diversos tipos de ervas de uma vez só com as garrafas, fixando-as em um gancho, de forma simples e eficaz!

Caixas

Caixas de vinho que seriam descartadas podem se tornar um ótimo suporte para minicanteiros, na horizontal ou vertical.

Canos de PVC

Que tal um sistema de horta? Busque referências de projetos de mini-horta com canos PVC e deixe a criatividade na decoração reinar! Existem ótimos exemplos com essa opção.

Potes de vidro

Ao invés de garrafas, é possível utilizar potes de vidro também. Além de tudo, é uma opção sustentável e as plantinhas agradecem.

Pallets

Você também pode fazer o seu próprio pallet – estrutura de madeira – para sustentar as plantas!

Dúvidas sobre como fazer uma compositeira em casa? Vem pra essa matéria!

Florestas preservadas e um mundo mais verde e sustentável depende de nós! Em parceria com a Fundação SOS Mata Atlântica, a Ypê já plantou 1 milhão de árvores. Conheça o Florestômetro

Gostou do nosso artigo? Compartilhe!

Compartilhar

Este artigo foi útil? Avalie

Recomendados